Review | The Walking Dead - "Depois"


Depois de dois meses de espera e lembrando de como a série começa depois de um mid-season, o episódio "Depois" de The Walking Dead pode ser considerado o "mais lento" na narrativa e desenvolvimento até o momento.
Depois do caos causado por o último ataque do Governador na prisão, Rick Grimes e o grupo de sobreviventes que pensavam ter uma casa segura (considerando as circunstâncias de um mundo devastado por zumbis) são quase totalmente dispersados, com incógnitas importantes a respeito de quem está vivo e quem morreu no campo de batalha.

Mas em vez disso, Greg Nicotero assume a liderança em "Depois" e, literalmente, leva a um episódio que, embora sem o nível de adrenalina da primeiro episódio da 4 ª temporada, em si torna-se um episódio de auto-sustentação para iniciantes da  série e aprofunda um pouco sobre a psique de 3 dos personagens principais, após o terrível despertar em saber que sua vida nunca mais será a mesma.

Erros de continuidade: embora engenhosamente criativa da série de TV nunca definir um horário específico para os eventos de adaptação, os quadrinhos sabe-se que o apocalipse zumbi começou em outubro de 2003. O que faz então um Xbox 360 (lançado em 2007), no quarto de um adolescente que Carl entra? Se o cronograma foi alterado, espero que os cineastas respeitem o "moderno" em episódios futuros.

Os 2 melhores momentos

 Como ser um adolescente em um mundo zumbi

Embora o título nos faz pensar num filme patético como Meu namorado é um zumbi, e apesar de os "grandes momentos de estupidez" do filho Rick ter sido mais longo do que nós gostaríamos, o plano de Robert Kirkman e Nicotero para mostrar como seria ir da infância para adolescência neste mundo.  Mostrando ele no quarto de um adolescente, e de repente explodir atitudes absurdas quase leva ele para sua morte certa mas afortunadamente ileso e possivelmente com uma importante lição. E vemos que os Zumbis voltam a ser os grandes vilões nesse primeiro momento. E o continuando suas atitudes estranhas, Rick ter entrega a arma no episódio anterior, de repente fala pra não usá-la provocando contradições na construção da psique do Carl.

Dois guardas e uma cabeça querida


Michonne sabe que está sozinha, e seu instinto leva-a a "recrutar" dois zumbis para ativar sua camuflagem entre os mortos-vivos, como fez há muito tempo. A cena de "Depois" de abertura é o melhor do episódio, temos a confirmação da morte do Governador (com cabeça perfurado) e cena muito, muito triste dacabeça zumbi de Hershel. Vocês fariam o mesmo como Michonne?

 "Depois" é um dos epis mais passivos da 4ª temporada da série. Esperemos que o ritmo venha melhorar em "Os internos", onde promete o que aconteceu com o resto dos sobreviventes da prisão?

zumbis eliminados: 28 e meio

Postagens mais visitadas deste blog

As Muitas Versões do DUENDE no Universo Tradicional do Homem-Aranha!

8 Anti-Batman que foram Vilões do Batman antes de ARKHAM KNIGHT

TOP 10 | AS MAIS GOSTOSAS DA DC COMICS